Foram cerca de 60 alunos, educadores docentes e não docentes, pais e familiares do Frei que, na noite de 20 para 21 de maio, caminharam da Batalha até Fátima. Peregrinaram a pé durante a noite e madrugada. Foi uma extraordinária experiência de caminho por dentro e por fora a caminho da casa da Mãe. De quando em quando, paravam, rezavam uma dezena, escutavam um testemunho, recobravam forças e partiam de novo. Até chegar! Oh Fátima!